3 exemplos de como o content marketing funciona.

Existem muitos casos de sucesso na utilização do marketing de conteúdo. Agora vamos mostrar alguns.
Não é de hoje que o content marketing traz ótimos resultados. O aclamado Guia Michelin, por exemplo, nasceu em 1900 com o objetivo de estimular o turismo rodoviário quando o mercado automobilístico começava a florescer. Muitos outros casos permearam a história da comunicação, mas foi com o advento da era digital que o Content Marketing ganhou maior impulso e tornou-se um dos recursos mais utilizados por todos os tipos de empresas.

Caso 1. Conteúdo para mulheres que usam contraceptivos.

Como a legislação impede a publicidade de medicamentos que exigem receita médica, a indústria farmacêutica tem utilizado muito o Content Marketing para dar informações e ter a simpatia de seus consumidores. Como já prestei serviços de comunicação à GSK, Pfizer e AstraZenica entre outras, explorei muitos dos caminhos para estabelecer uma ligação efectiva com seus 2 principais públicos: o médico e o paciente.

No caso dos pacientes, o marketing de conteúdo é a estratégia mais utilizada.

Confira este caso da empresa farmacêutica Allergan: a campanha #ActuallySheCan é dirigida a mulheres jovens, o público dos seus contraceptivos – Lo Loestrin Fe. Com o objetivo de criar uma comunidade que visa guiar, empoderar e encorajar estas mulheres a conseguirem a vida que escolheram, a campanha baseia-se em conteúdos que fortalecem a auto-estima e a saúde. Além da presença online, a campanha inclui eventos ao vivo, depoimentos de celebridades, conteúdos da revista Cosmopolitan e o apoio de psicólogos.

Caso 2 – Storytelling para reforçar o conceito de uma empresa que quer se superar.

A companhia aérea canadense Westjet lançou em 2014 o tema #aboveandbeyond” com histórias de superação, que inspiram a empresa a ser melhor a cada dia. Numa série de vídeos de 5 ou 6 minutos, diversas pessoas contam dificuldades e problemas que enfrentaram e como conseguiram superá-los. A história de Josh, por exemplo, chegou a mais de 6,5 milhões de visualizações no YouTube. É um ótimo exemplo de como criar valor para a marca através do Marketing de Conteúdo.

Caso 3: Loja oferece guia e indica parques para campistas.

A rede de lojas americana L. L. Bean, especializada em roupas e equipamentos para campismo, criou um conteúdo muito útil para as pessoas que gostam de acampar: mapeou e reuniu informações de milhares de parques e zonas de acampamento por todo o território americano. Além de poder consultar no site qualquer local no país para acampar, o público recebe automaticamente informações dos parques mais próximos da loja onde realizou a sua última compra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *